Internacionalização - Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto

Procurar
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Media Center > Arquivo de noticias > 2012

 N O T Í C I A S

Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto

Aposta na internacionalização

A Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto realizou nos passados dias 23 de Maio a 26 de Maio uma Missão Empresarial a Marrocos – Casablanca.

Atualmente a economia marroquina é considerada a 2ª maior economia do Magreb e a 6ª de África. A aposta do Governo Marroquino em infraestruturas de desenvolvimento económico, os investimentos privados em setores como o turístico, imobiliário e a existência de mecanismos de crédito preferenciais, constituem, a par de outros setores, inegáveis oportunidades para as empresas portuguesas.

Por outro lado, assiste-se à emergência de uma classe média, com grande propensão para o consumo, em que mais de 10% da população atual possui um grande poder de compra, fator que conjugado com o dinamismo económico de Casablanca, a proximidade geográfica e a simpatia por Portugal e pelos nossos produtos, garantem um quadro favorável para a expansão do seu negócio neste mercado emergente.

Por ser um mercado com fortes perspetivas de desenvolvimento e que demonstrou no ano de 2011 sinais de ser capaz de resistir ao abrandamento geral das economias europeia e mundial e às consequências económicas das convulsões político sociais que afetam a região, Marrocos mostrou-se o destino ideal para a realização desta primeira Missão Empresarial promovida pela Associação Empresarial.

A comitiva, composta por uma dezena de empresas do cluster de construção, partiu no dia 23 de Maio rumo a Marrocos, tendo como ponto de encontro a sede da Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, de onde seguiram para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

No dia 24 de Maio foi realizada a visita à feira internacional "Batimat Marrocos 2012". Trata-se de uma feira de elevada importância do setor da construção civil, na qual foram estabelecidos alguns contactos entre os empresários e os expositores participantes no evento, para posteriormente efetuarem possíveis parcerias. Pela tarde deste mesmo dia, foram agendadas algumas reuniões bilaterais entre os empresários integrantes da missão e empresários marroquinos.

Na manhã de 25 de Maio, foram realizadas reuniões com promotores locais, arquitetos, transitários e empresas portuguesas que se encontram estabelecidas em Marrocos já há alguns anos. Através destas foi possível saber os aspetos burocráticos inerentes ao mercado marroquino, como facilidades de crédito, custo do transporte de mercadorias, entre outros aspetos de relevo fundamentais para uma boa realização de negócios neste mercado. Na parte de tarde, e como previsto no programa inicial da missão, o grupo deslocou-se até Rabat (capital do Reino de Marrocos), onde foram recebidos na Embaixada Portuguesa em Marrocos, pelo representante da AICEP ( Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal)  em Marrocos, Dr. Rui Cordovil, que alertou os empresários de possíveis entraves deste mercado, reforçando a ideia de que devem ser efetuadas sinergias e parcerias entre as empresas do mesmo setor, para que estas empresas se tornem mais fortes e competitivas, oferecendo todo um leque de serviços, de maneira a potenciar a angariação de clientes e obter resultados ótimos.

Esta missão empresarial teve como principal objetivo proporcionar às empresas, o conhecimento in loco
do mercado marroquino, promovendo a identificação de potenciais parceiros para o desenvolvimentos de projetos de exportação e/ou investimento, bem como a recolha de informação local e visitas de prospeção.

Neste contexto e sempre acompanhando as tendências da economia e do desenvolvimento dos mercados, é objetivo da Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, agendar e promover novas visitas, a este e outros mercados, ajudando no que for possível ao processo de Internacionalização dos seus empresários.

Tendo em conta o resultado muito positivo desta missão, e porque nos encontramos em época de recessão económica, e que em cenários de crise surgem boas oportunidades de expandir o negócio além-fronteiras, façamos desta época os atuais Descobrimentos à conquista de outros mercados.


Neste momento, esta instituição está apostada em apoiar a internacionalização das empresas suas associadas, estando já previstas mais duas missões ao Reino de Marrocos e estando em estudo outros mercados, nomeadamente França, Brasil e todo o Mercosul através de CCNI – Câmara de Comércio e Negócios do Mercosul.





 
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal